terça-feira, 31 de maio de 2011

Férias ?


Atleta tira férias? A pergunta é pertinente. Primeiro porque quem pratica o esporte seja por hobby ou competitivamente não consegue ficar muito tempo assim parado, sentado no sofá, de pernas para o ar, comendo e ganhando bons quilos na balança. E depois porque bem provavelmente o esporte seja um daqueles prazeres inseparáveis e parte do dia a dia.
Além disso, durante as férias, talvez como em nenhum outro momento da temporada, possamos dar atenção a alguns aspectos mais básicos e fundamentais, principalmente para o triatleta comprometido com sua performance, longevidade esportiva e, porque não, de sua saúde e competitividade.
Minha sugestão é fazer coisas diferentes para dar uma folga para a mente e, como acredito devemos levar uma temporada, minimizar nossas fraquezas esportivas. Para isso, procure se divertir em cada saída para um treino, faça treinos diferentes daqueles realizados durante a temporada competitiva e procure conhecer-se melhor para avaliar onde pode gastar seu tempo para melhorar aquela habilidade ou capacidade que mais precisa de atenção e esforço.
E claro, descanse muito para voltar com força total quando realmente precisar daquela energia extra. Ou não, afinal,  para seu conhecimento, de uma a tres semanas parado e você pode perder 25-30% de sua capacidade física. De um a tres meses parado e você pode esperar uma perda de performance de 40-50%. Caso você não seja um atleta de elite e ficou parado esse tempo, provavelmente estará novamente num nível de aptidão física bem próximo do que quando começou a praticar exercícios e se envolveu com o esporte. Fica então evidente a necessidade de manter o motor aquecido para que temporada após temporada uma melhora possa ser encontrada em quem comprometidamente se envolveu no triathlon. Apresentamos abaixo algumas alternativas para manter essa evolução e continuarmos discutindo o tema.
Pontualmente, as férias podem servir para (dentre outras inúmeras alternativas e abordagens):
1-Melhorar a base de corrida
Não tem segredo, desenvolvimento sustentável e consistente na corrida tem como base, consistentes ciclos de treino, anos de prática, poucas lesões e a manutenção de sessões de treino chave (baseados no próprio conhecimento do que funciona ou não em cada caso). Portanto, mantenha uma boa corrida longa, mesmo que diminuindo a frequência dos treinos, o que é até recomendável. Não deixe de correr forte quando sentir confortável com o ritmo. Encontre novas rotas, terrenos e companhias para arejar a rotina árdua dos treinos. Ou, como em tudo que temos deficiência, concentre seus esforços em melhorar sua fraquezas. 
2-Melhorar a técnica nas tres modalidades
Técnica, sensibilidade, e conhecimento do corpo são armas de grandes atletas. Se você não teve os anos de prática que “monstros” do esporte tiveram para pacientemente e talvez inconscientemente, desenvolver tais habilidades, abuse e use dos recursos hoje disponíveis e vá atrás de conhecimento digno de confiança para auxiliá-lo nesse talvez sem fim caminho de aperfeiçoar seus próprios padrões motores. Na natação, procure simplificar as coisas e concentre-se no que lhe trará o melhor retorno do tempo e energia investida. No ciclismo, atente para suas pedaladas serem equilibradas e confortáveis em diferentes intervalos de cadência. Na corrida, procure formas de minimizar o gasto energético concentrando-se em sustentar o corpo numa posição confortável, aprender diferentes ritmos de passada, ouvir e sentir sua respiração em diferentes níveis de esforço ou mesmo não se lesionar, além é claro de toda a mecânica de sua marcha.
3-Adquirir conhecimento
Pode parecer óbvio mas antes de acreditar em um plano de treinos você deve melhor do que ninguém saber que aquele plano funciona no seu caso. E para que a certeza seja rodeada dos menores riscos possíveis, a melhor saída é conhecer sobre o tema. Portanto, converse e discuta suas dúvidas, ouça as histórias de sucesso e reflita sobre tudo isso para que então possa ser capaz de aprofundar-se ainda mais no tema e definir o que e como abordar em sua carreira esportiva. Conhecer-se como atleta e sobre o esporte que pratica vale muito mais que aquele novo modelo de…não importa afinal conhecimento nunca é demais para ninguém.
4-Melhorar a relação peso/potência
Apesar da dificuldade que as festas representam, podemos sim, com um esforço extra, melhorar a relação peso potência emagrecendo, fortalecendo o corpo, ou ambas. Felizmente podemos aliar força e redução de peso para nos tornarmos ainda mais competitivos e econômicos no dia da prova e durante toda uma temporada. Dicas simples, queime mais calorias do que o que você consome e você emagrace. O corpo humano pode queimar mais calorias acelerando o metabolismo. Como precisamos de mais calorias para manter 1kg demassa magra do que 1kg de gordura, a melhor forma de acelerar o metabolismo é aumentar o percentaul de massa magra. Para isso, treine força, seja na academia ou durante toda a temporada de forma específica para melhorar sua relação peso potência ou mesmo possibilitar o máximo desenvolvimento esportivo. Afinal só nadaremos, pedalaremos ou correremos mais rápido se formos capazes de ultrapassar ou sermos mais fortes que as resistêncis impostas pela água, vento, atrito, peso e etc. As férias podem ser um momento ideal para isso.
5-Testar uma nova abordagem
Regra básica para quem treina. Nosso corpo responde a estímulos e não a planos mirabolantes, dicas e segredos fisiológicos. É óbvio mas continuamos duvidando, se você quer nadar, pedalar e corer mais rapido na próxima temporada, não espere mais e comece a fazer isso já, durante as férias. Certamente, para que isso aconteça, você precisará nadar, pedalar e corer mais rápido em seus treinos. E agora, seja você orientado por um técnico ou sendo o próprio treinador de si mesmo, tens uma chance de ouro para testar essa abordagem e comprovar empiricamente essa regra básica para a melhora de performance. Quer a abordagem científica para comprovar tal premissa? Em níveis mais elevados de intensidade ocorrem adaptações para todos os tipos de fibras musculares e sistemas energéticos utilizados pelo organismo humano durante o exercício.
Mas não se esqueça que tudo isso só vale se as férias forem, antes de mais nada, um período de descanso, recuperação física e mental, e claro, transição para uma nova fase de mais e melhores treinos que o conduzirão a novos patamars de capacidade física e resultados em provas. Alguém falou em férias por aí?

segunda-feira, 30 de maio de 2011

vejam

                               Comedia , confiram o que o triathlon nao faz com uma pessoa !!!

Sinceramente, existe um motivo plausivel para raspar as pernas ?

Quando comecei no triathlon, há pouco mais de 3 anos, eu jamais cogitava a hipótese de raspar as penas. Passado alguns meses e provas, me sentia um troglodita no meio das provas. Praticamente todo mundo corria com as pernas raspadas e isso parecia ser um certo código de conduta entre triatletas e ciclistas.
Sem entender o porquê, resolvi raspar as minhas próprias penas pela primeira vez. Na verdade eu não estava nem aí para o porquê, só queria tentar me parecer mais com os atletas que chegam muito na minha frente. Para minha tristeza, a primeira vez foi depilação com cera quente. Doeu. Como doeu! Me tornei a atração do salão onde depilei, pois meus gritos ecoavam em todos os cômodos.
O pior foram os dias que se sucederam. Minha esposa, quase desmaiou de tanto rir quando saí do banho. Meus irmãos ficaram olhando com aquele olhar de “hum… que coisa meiga….” Meus amigos debocharam insistentemente. Certo tempo depois, todos se acostumaram e agora eu não sou mais a atração da família nas festas na piscina.
Com o tempo desisti da depilação, e agora raspo com máquinas, que são mais práticas e doem infinitamente menos. E desde então, sem pensar muito na razão disso, faço esse pequeno ritual a cada 15 dias.
Lendo o livro de Lance Armstrong e Chris Carmichael (Lance: Armstrong: Programa de Treinamento) esta semana, me deparei com a questão da depilação novamente, o que abriu meus pensamentos e me impeliu a descobrir aquele “porquê”. No livro, Lance praticamente o obriga a raspar as pernas: se você é ciclista, raspe as pernas! Ele também apresenta duas razões bastante plausíveis.
A primeira é que limpar os ferimentos de uma eventual queda no ciclismo com as pernas raspadas é infinitamente mais fácil e menos doloroso (será que compensa a da depilação?) Eu mesmo passei por isso no final de 2008, quando sofri uma queda forte Long Distance em Pirassununga. Devo confessar que ter raspado ajudou demais, inclusive na cicatrização mais rápida.
NAtação 2 Sinceramente, existe um motivo plausível para a raspar as penas?
Chicão: efeito placebo conta muito
A segunda é que a massagem sem pelos é bem melhor para você e para o massagista. Como Lance considera as massagens tão importantes quanto os treinos (para mim o são também), isso faz todo o sentido. Associado a isso temos a questão da higiene pessoal, que é mais simples e rápida se você estiver sem pelos. Mas, seriam essas razões suficientes para me convencer há três anos atrás?
Refletindo sobre a questão e a minha trajetória pessoal, vi que raspar as pernas significou uma espécie de rito de passagem, onde eu firmei um compromisso com o esporte, algo como “uau, agora sou triatleta de verdade e estou levando o esporte a sério.” Esse sacrifício adicional, comparado aos outros sacrifícios que um triatleta passa, é mínimo, mas importante. E olha… me senti mais rápido sem os pelos, muito mais rápido. Não sei se fiquei mais rápido, mas senti já era meio caminho andando para isso.
Você pode argumentar que raspar as pernas vai lhe dar uma vantagem aero e hidrodinâmica, mas será que faz diferença? Não conheço nenhum estudo aprofundado , mas acho que a diferença aerodinâmica seja muito pouco significativa. Na natação, se você disputasse os 50m ou os 100m nas Olimpíadas, sem trajes tecnológicos, isso poderia fazer diferença, mas não em provas acima de 1,5km no mar e, usualmente, de roupa de neoprene. Meu amigo Luiz Francisco, o Chicão, um dos melhores nadadores do triathlon nacional, afirma que sente um pouco mais de sensibilidade na água, mas o atrito é realmente irrelevante. Essa sensibilidade também pode ser percebida na bike, onde suas pernas se refrescam mais.
No final das contas, o efeito psicológico talvez seja o maior. Tudo que aumente sua confiança pode lhe ajudar a obter um desempenho superior, a chegar onde você não conseguia antes. Mais uma vez citando o grande Chicão, o efeito “placebo” conta muito. Você vai parecer mais rápido e melhor, o que pode o tornar realmente mais rápido e melhor. Mais que um cuidado com o corpo, pense nisso como um cuidado para a mente, para seu ego.
                                                               Panturrilha Chrissie Wellington, monstra !!!

Fonte: Mundo tri                

domingo, 29 de maio de 2011

Bikes para triathlon

Aqui tem bike para todos os gostos, basta escolher e leve pra casa, mais lembre-se,nao adianta ter equipamento e nao saber usar.
                                                               Scott muito linda

                                                  Trek Concept, um aviao vale a pena test-drive
                               
                                                            Ceeco Di2, espetaculo !!
                                                                  Sem comentarios...
                                                              Uma bike feita de bambu !!!
                                                        Isso sim que e bicicleta de verdade.
                                                                 Linda.


Bom esta ai algumas bikes, so pra sair um pouco da rotina e nao ficar coisa muito repetitiva no blog. Hoje nao vou postar nada sobre meus treinos porque nao fiz praticamente nada, apenas corri 8km rs. Bom comeco de semana para todos, cheio de coisas boas.

*Nao to usando acento porque meu teclado aqui e americano hehe.   Abraco galera

Acompanhe agora o Ironman Brasil 2011 !!!

segue o link: http://live.ironmanlive.com/Event/Ironman_Brazil_Florianopolis

sábado, 28 de maio de 2011

Resumo da semana

           Boa noite galerinha, sábado a noite e eu aqui postando kkkk...enfim, essa semana foi bastante produtiva, pois consegui encaixar todos os treinos de todas as modalidades, inclusive a academia (que eu não gosto muito de malhar rs ). Ontem eu fiz série de Vo2 na natação (3x600m), fiquei morto o dia inteiro e acordei quebrado hoje conseguindo apenas correr 6km por hoje. 
            Amanhã aqui em Brasília irá acontecer a 2 etapa do Campeonato Brasiliense de Ciclismo,em Sobradinho, mas por motivos maiores eu não poderei comparecer. Até hoje vai ficar na memória a 1 etapa que aconteceu na Esplanada, e eu era o único representante da equipe Ciclo Race na elite, Busquei uma fuga e depois ainda consegui despreender do pelotão e pular em outra fuga, finalizando em 4 lugar na elite. Foi lenha !!!! rs
             *Lembrando que amanha temos o Ironman Brasil, a ser realizado em Jurerê em Floripa, que esse ano bateu o recorde de inscritos, e a cada dia vemos que o triathlon está tomando conta do cenário nacional e internacional. Boa sorte a toda a galera de Brasília, vamos representar o cerrado galera !!!
             *Lembrando também que amanhã tem a última etapa do Giro D'Italia 2011, só que já ta na cara que o magrelo do Contador vai ser o campeão kkkkkkk!
A cada dia que passa, eu agradeço a Deus pela saúde que eu tenho, pelos amigos, e principalmente aos meus pais que são meus maiores apoiadores tanto no esporte como na minha vida. Segue uma fotinha só pra poder servir de motivação para todos

                     *se eles fazem careta, imagina agente rs.

Imagem do dia

Primeiro post galera !!!

Ae galerinha, bele bele ??? então...agora fiz esse blog aqui para poder contar um pouco mais sobre minhas rotinas de treino,viagens, alimentação e muito mais. Juro pra vocês que eu tentarei postar algo novo todo dia, nem que seja um OI kkkkk ! Como esse foi o primeiro post, não irei falar sobre muita coisa, mais tarde vou postar mais alguma coisa ai pra galera. 

Não repare no design do blog ainda, porque eu ainda estou fazendo algumas modificações, mechendo, para poder ficar legal !  É isso ai galera, logo logo eu vou postar algo legal para vocês.

                               (foto tirada depois do pelotão de domingo, que eu venci rsrs)
 
Ocorreu um erro neste gadget